Tag: dica

Conserve suas hortaliças

 • 

Oi amores, olha eu de voltaaa!!! Eita que tá difícil aparecer por aqui com a frequência de antes, mas juro que estou tentando e organizando tudo para o ritmo voltar ao normal, afinal, já já o blog novo vai estar no ar e tem que ter sempre muitas novidades pra vocês, né?!

Hoje vim compartilhar com vocês um ensinamento maravilhoso que a minha avó Oninha (esta aqui ó…) me ensinou dia desse e está sendo maravilhoso pra minha casa, pro meu bolso e pra consciência: como não perder toda as suas verduras compradas!

Como só tem eu e Du em casa, por mais que a gente tente comprar o mínimo que seja para não estragar, não tem como… Sempre se estraga e confesso que vou jogando no lixo pedindo perdão à Deus, porque sei que tem tanta gente passando fome. Mas, eu faço o que posso mesmo para aproveitar tudo e não estragar. Uma das coisas que mais perdia aqui em casa eram os coentros, cebolinhas, salsinhas, etc, pois só tinha eles na primeira semana e depois iam pro lixo. E como não curto e nem dá pra ir no mercado toda semana, acabava ficando sem estes temperos maravilhosos para cozinhar!!!

Foi, então, que minha vozinha amada me ensinou esta dica (que até acho que muitas de vocês já até podem fazer…), mas, tenho certeza, que assim como eu, tem muitas perdendo também, não é?

Vê como é fácil:

1. *água corrente

Olhando assim, pode ter alguém que se questione se realmente funciona. Mas te digo, garota: funciona que é uma belezaaaa!!! E o melhor, além de não estragar, é que teremos sempre quando precisarmos, pegamos apenas a quantidade que queremos e elas já estarão cortadinhas, facilitando ainda mais o trabalho.

Gostaram?! Alguém tem mais dicas assim?!

Compartilha com a gente!!! :)

Beeeijos.

As dicas da minha mudança

 • 

Ufa! Finalmente, Meus Amores, consegui sentar aqui e trazer o que rolou na prévia e no dia da minha mudança!!! Como eu já dei vááárias dicas sobre mudança neste post, quando me mudei do Rio pra cá, acrescentei dicas pra quem vai se mudar para mesma cidade, pois algumas dicas não servem para longas distâncias e outras, são desnecessárias. 
Bom, não preciso nem dizer que mudança é suuuuper cansativo, por mais organizada que você seja, né?! Quem já se mudou, sabe o que eu estou falando. Por isto, tentei facilitar minha vida ao máximo, tanto na organização para guardar, como para localizar as coisas já na nova casa, como para proteger melhor roupas e peças que quebram, etc. 
Com isso, conseguimos – junto com ajuda fundamental da minha tia e Mamis, cada uma no “departamento” certo, é claro – colocar a casa já quase toda organizada no mesmo dia. Foi pesado, mas dá e vale a pena.  (morta com farofa, vinagrete, arroz, feijão e tudo que tem direito, é claro!
Uma dica logo de cara: como eu sou muito cuidadosa com as minhas coisas e sei que esse povo de mudança não tem o menor cuidado, separei caixas e coisas que eu queria ter certeza que estariam perfeitas e coloquei no meu carro. Eu mesma levei, eu mesma carreguei!!! É um alívio, pode acreditar!!! 
Bom, vamos às dicas?! E com elas, vou contando alguns episódios engraçados que rolaram nesta mudança… hahahaha

As caixas: fundamentais, né?! Mas, se não souber como preencher, vira um problema sério. A ideia é fácil e simples: caixas maiores, com objetos leves e volumosos (travesseiros, edredom, recipientes de plástico, etc); já as menores, com objetos pesados (coleção de revistas, livros, pastas, objetos em vidro, etc). 
Peguei todo o jornal que tinha guardado para o xixi de Hulk (meu super cão, que vou apresentar pra vocês depois… ;) ) e algumas revistas velhas que iram pro lixo para poder envolver e proteger os objetos. Caso desejem uma proteção maior, plástico bolha é o melhor (e pra estourar depois, também… #sindromedoplásticobolha #eutenho). Mas, se quiser uma dica boa e econômica, é usar pipoca – sim, pi-po-ca, aquelas que a gente faz em casa mesmo, pra poder proteger os objetos e preencher todos os buracos da caixa, diminuindo o atrito. Né massa?! Não precisei não, mas se precisar, vai ser pipoca pra tudo quanto é lado! :) hahahahahaha

Enquanto eu estava tirando as coisas dos lugares, já ia separando (pode ser até no chão mesmo), os objetos por categoria, tipo: objetos de pintura e artes, decoração em uso, decoração em desuso, revistas e livros que eu queria. Desse jeito, para ir colocando nas caixas e medindo o peso, cuidado e organização ficou muito mais fácil.

No entanto… Já começo a rir, só em lembrar o que eu vou contar hahahaha… Essa minha tia que nos ajudou – que é uma segunda mãe pra mim – quer ajudar tanto, que às vezes a gente se diverte com ela, com as doidices. Gente, algumas caixas eu consegui guardar organizada… Outras, não deu, porque quando eu fui ver, ela já tinha guardado tudo, inclusive, deixou apenas 2 pratos e 2 copos pra eu e Du usarmos (e ainda faltavam 4 dias pra mudança… já pensou, né?)! Ela saiu misturando tudo; então, numa caixa a gente encontrava de tudo e a melhor foi: na minha sacola de lingerie, eis que tinha um prato! hahahahahahahahahahahahahahahahahaha Eu devia ter tirado foto pra mostrar pra vocês! Minha mãe quando abriu, não acreditou!!! Essa minha tia é uma figura!!! Mas, mesmo achando coisas surpreendentes nas caixas, consegui achar o que eu queria e dar tudo certo!!! :)

Ah, uma dica importante: coloca numa caixa os objetos que você já usa na sua decoração em uma caixa separada, pois quando você colocar os móveis no local, já dá pra ir colocando eles no devido lugar e pendurando o que já dava. Foi assim que consegui que a minha casa já ficasse decorada no mesmo dia! O que não deu no mesmo dia, continuou nesta caixa e nos outros fui colocando!!! 
Como falei, as caixas maiores ficam com os pesos menores – e foi o que fiz na imagem de cima, colocando meus travesseiros, edredons, cabides, etc – e nas menores, coloquei revistas, livros. Também organizei em caixas separadas (o que eu consegui que minha tia não embalasse antes… hahahaha) separar por tipo de comida: codimentos e temperos, perecíveis e não perecíveis, etc. 
Para os perecíveis, aquelas comidas que se estragam rápido, fiz assim: não fiz muita comida pra não sobrar e ter a menor quantidade possível de alimentos pra transportar; inclusive, não fiz feira (que é supermercado pra vocês… ) pra usar o que eu já tinha. Assim, foi bem mais fácil e consegui conservar tudo!!!
Para os produtos de limpeza, usei os próprios baldes pra aproveitar espaço e ainda proteger, caso derramasse algo!!! Assim, foi facinho achá-los quando eu cheguei na casa e fui limpar as coisas!!! ;)

Importantíssimo: quando desmontar algo, já deixe junto com o objeto as peças pra poder montar novamente. Em mudança, a gente sempre perde um parafuso, um apoio, e várias coisas fundamentais para montar novamente nossa decor. 
Tem certas caixas que eu não jogo fora, pois sei que serão fundamentais numa mudança, numa viagem ou em outra situação que precise transportar com mais cuidados. Uma dessas caixas é a do videogame. Por conta disto, eles vieram perfeitos, sem nenhum problema e tudo certinho na hora de montar novamente. Caso na casa de vocês não dê pra guardar ela completa, deixa os compartimentos principais de dentro e o de fora e desmonta. Se puder, faz isso… Vale a pena o espaço gasto! 

Como a gente sempre suja roupa, lençol, panos de chão, deixei o mínimo de roupas sujas possíveis no cesto para facilitar a minha vida na outra casa, já que, possivelmente, eu não teria meu varal de teto instalado no mesmo dia (e ainda nem instalaram… ô povo complicado esse de serviço, né?! O tal do “amanhã eu vou”, nunca chega). Assim, se eu demorasse a lavar as roupas, não ia encontrar suja. ;) 
Além disto, como a mudança foi na mesma cidade, aliás, na mesma rua, não quis colocar nossas roupas em caixas! Sujam, pegam cheiro, poeira, enfim! Preferi separar bem organizadas nas malas com rodinhas, para facilitar o transporte, é claro!!! 
Ah, cubra toooooooooooooooooooodo o seu sofá. Esqueci completamente de fazer isto e ele ficou podre… Sem contar que no belo caminhão da mudança, tinha uma goteira bem em cima dele. Legal, né?! Vou ter que limpá-lo. Que raiva!!! O meu colchão, deixei com o lençol de elástico que já estava e protegeu bem!!! Mas, o sofa… argh! =/

Uma coisa que a gente sempre esquece é que no outro dia teremos sede, fome e tudo já estará guardado!!! Então, minha tia deu a dica e eu fiz, de separar uma boa quantidade de água e uns biscoitos e sanduíches prontos, pra quando quisesse, tinha em mãos… Assim, não ficava com fome/sede e nem perdíamos tempo fazendo nada! Amei esta ideia!!!

Bom, amadjenhos, essa foi minha mudança!!! Estou colocando as coisas em ordem e me virando nos trinta, aliás, nos 10, pra poder tirar das caixas o máximo que eu posso e colocar nos locais e armários que já tenho, enquanto que o armário da cozinha que comprei não chega e o pessoal não tinha montado o meu armário. 
Quando organizar melhor, vou fazer um vídeo mostrando melhor como ficou pra vocês… O que acham?! 
Beijos e  uma linda semana! 

Tom e Jerry: o esconderijo dele

 • 

Eu adoooooooooooro essas ideia geniais, descoladas e super criativas, gente! Fico babando! Ainda mais quando me remete à algo da minha infância (sem ser bobo) e traz um astral bom pra casa! Olha só que dica legal pra esconder aquela tomadinha extra que a gente sempre precisa ter na nossa casa porque comprou um abajur lindo, ou porque quer uma tomadinha especial pra tal coisa e tem que ser naquele lugarzinho! E vamos confessar que ela aparecendo no meio do nada, é terrível!
Então, não vamos mais cometer essa feiurinha, hein?! Bora construir vááárias casinhas do Jerry, para que os Tons (as visitas) quando chegarem na sua casa e forem procurar algum defeitinho, fiquem sem ter o que dizer de tão linda e fofa que ela é! :) Compra um pedaço de mdf e corta do jeito que tá na foto. 
Gostaram?! :)

Casa da Cultura: visite também!

 • 

Semana passada fui visitar a Casa da Cultura, o centro cultural do Estado – do litoral ao sertão. Muitos artesanatos em madeira, barro, palha… muitas roupas com detalhes ou todas em renda, para a praia, etc. No entanto, acho que por causa do verão, encontrei mais de roupas; mas, tinha cada coisinha linda de arte e decor por lá (pena que muitos não deixaram fotografar, atrapalhando a vida da blogueira aqui… hahahaha) e por isto, fiz um pequeno vídeo dentro de uma lojinha/cela de lá.
Sim! Cela mesmo, pois ela foi toda construída para ser uma cadeia em 1867, sendo considerada como segundo modelo de penitenciária mais moderna da época, pois, foi construída em forma de cruz e as celas podiam ser vigiadas ao mesmo tempo do ponto central, onde tem a cúpula metálica – o Mirante. Embora fosse uma cadeia, conta-se que, naquela época, não havia tanto temor em relação aos presos e que, devido sua centralidade, participavam ativamente, no seu dia a dia, em trabalho social de reintegração. O meu avô trabalhou lá quando ainda era estudante de medicina, cuidando dos presos!
Depois de 118 anos, em 1980, foi tombado pela FUNDARPE (Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco) e todo restaurado. Até hoje, é preservada a cela de onde ficou João Dantas (a da montagem acima), o assassino de João Pessoa, candidato à vice-presidência de Getúlio Vargas. Para quem não sabe, Dantas era cunhado de João Suassuna – pai de Ariano Suassuna, que foi Presidente antes de João Pessoa. Além deste, também foram presos nesta cadeia: Gregório Bezerra,  Graciliano Ramos, Paulo Cavalcanti, Antônio Silvino, entre outros.

Então, não deixem de visitar quando vierem por aqui. E, conterrâneos, visitem mais lugares da nossa terra, pois temos coisas belíssimas, baratas e pertinho de nós!!!

Vejam quanta coisa linda tem por lá neste vídeo que fiz!

PS: Desculpem alguns errinhos no vídeo, como meu nome errado (para quem percebeu…hahaha). Mas, este foi tipo “plano piloto”. Nos próximos, virão mais ajustadinhos… “fechando cadeado”. hahahahaha

Casa da Cultura:
Rua Floriano Peixoto, 905, Bairro de Santo Antônio, Recife – PE
CEP 50020-060

Como reaproveitar a decor natalina na casa

 • 

Muita gente reclama na hora de guardar a decoração do Natal… Ter que desmontar a árvore, os enfeites, os piscas e ainda ser tudo com o maior cuidado para que dure até o final do ano, sem contar que tem casas que nem espaço pra guardar mais isso no armário tem e temos que nos virar nos 30, 20, 10.. hahahaha.
Pensando nisto, resolvi reaproveitar algumas coisas da minha decor e da minha mãe para mostrar que há soluções para esta “chatice” pós Natal e de quebra sua casa ainda vai ficar mais linda! As inspirações são várias, como : a corrente de bolinhas com o laço dentro do pote de biscoito; as bolas dentro da bomboniere;  papai noel de pelúcia junto com os outros mimos em cima da cama; ou os piscas coloridos ou brancos dentro de um vaso, garrafa, formando uma bela luminária de canto. 
São milhares de ideias; o que torna ainda mais bela e encantadora essa decor!!! Gostaram?! :) A minha mãe ficou enlouquecida pela luminária nova dela. Aproveitei este vaso branco que estava numa parede branca, totalmente sem destaque e coloquei um belo pisca e… luminária novinhaaaa!!! ;)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...